Direitos Autorais

Não reproduza textos, fotos e vídeos deste blog sem autorização da autora.
Mesmo com autorização, se utilizar algum conteúdo, mencione a fonte
e a autoria. Lei 9.610/98.

Translate

sábado, 11 de fevereiro de 2012

Sob o chão da Colômbia: minas e explosivos

A maior incidência de acidentes e mortes causadas por minas terrestres e explosivos remanescentes de guerra, no mundo, ocorre na Colômbia.
A informação consta no documentário "América Minada", produzido em 2007 pelos jornalistas Vinícius Souza e Maria Eugênia Sá e divulgado pelo site da Pública, agência de reportagem e jornalismo investigativo.
Abandonados após guerras civis ou plantados recentemente por grupos armados, os artefatos vitimam três pessoas por dia na Colômbia e tornaram-se um problema de saúde pública. (texto adaptado do site da Pública).
Assista ao documentário dos jornalistas Vinícius Souza e Maria Eugênia Sá (republicado com autorização do Pública, licença creative commons):

2 comentários:

Marcelo Pirajá Sguassábia disse...

Oi, Lídia. Do grave problema das minas eu tinha conhecimento. Só não sabia que o recorde mundial pertencia ao país vizinho. Três vítimas por dia é algo assustador! Muito bom o documentário. Bom carnaval pra você.

Nando disse...

Se conseguir encontrar (sabe como é, brasileiro vive de costas pra produção cultural dos vizinhos...), assista o documentário Pequeñas Voces. É de Jairo Carrillo, trata da visão das crianças sobre a guerrilha, com depoimentos das próprias. Infelizmente ñ é só na Colômbia, tá cheio de país com solo minado por aí. E nossas construtoras anda por lá, explorando a desgraça alheia.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...